← Back to portfolio

| mediações e oficinas |



| alçando estandartes : minha história meu lugar |


Um tipo de bandeira, um objeto simbólico para quem o carrega, um abre caminhos, presente em desfiles, cortejos e manifestações. Carrega um pouco de quem o carrega, é a marca de quem está passando ou de quem já passou. Nesse encontro, convidamos a todes para uma partilha de memórias pessoais e coletivas, onde por meio de pontos iniciais de bordado vamos construir nossos estandartes, para marcarmos lugares caminhos e contar a nossa história. 


-Oficinas ocorreram em dezembro de 2019 e em janeiro de 2020 como programação paralela da exposição  de Anna Bella Geiger  no Sesc Paulista. 



foto de grabriel bratti 

#pratodosverem a educadora desiree segura um bastidor com um inicio e bordado, enquanto uma menina puxa a linha que atravessa o  mesmo. Uma está de frente para a outra apoiadas em uma mesa.

foto de gabriel bratti

#pratodosverem esntandarte colorido, em meio a fitas coloridas que estão sobre a mesma mesa em que está apoiado. O estandarte possui a sua parte inferior preenchida até a metade com fitas coloridas, ao centro um bordado, em um tecido branco, de um coração e um bicho de 4 patas no meio.


foto de gil porto 

#pratodosverem em uma parede branca, estão pendurados dois estandartes. A direita um menos com um desenho e bordado feito por uma criança. A esquerda o estandarte onde uma mão está bordada.A mão está fazendo o sinal de "i love you" em língua de sinais  norte americana.


| mediações de leitura |

Por meio da literatura, em especial da literatura infantil, é possível abrir caminhos para a criatividade e o fazer coletivo. Alguns dos integrantes do filomena se encontraram no projeto Espaço de Leitura, no Parque da água branca e trouxeram de bagagem todo o afeto e costura da leitura com a arte.

#pratodosverem taís educadora do coletivo, é uma mulher branca, de batom azul, esta com parte dos cabelos presos e segura um livro pequeno apontando para suas ilustrações.  



#pratodosverem dois educadores estão sentados diante e um grupo de crianças. Ao lado esquerdo o educador Gil, é uma pessoa branca de cabelos loiros, vestindo uma camisa rosa, com as mão apoiadas nos joelhos. Ao lado direito desiree, pessoa branca, de cabelos pretos presos, segura um livro  mostrando ao grupo, o livro contem ilustrações da natureza.




#pratodosverem rafael, educador, é uma pessoa negra, que usa óculos e cabelos pretos, ele está sentado e segura um livro aberto mostrando suas paginas para o publico.


| bordando as folhas de ossaim |

Após a leitura do Itã : O herborista que não cortava as plantas, os participantes são convidados a bordarem folhas, e árvores em seus diversos desenhos e cores.


#pratodosverem #pracegover retalhos de tecidos coloridos , quadrados, com bordados iniciados de folhas e árvores, apoiados em uma mesa, ao lado direito há parte de um livro com a ilustração de um orixá. 

a segunda imagem  tem foco em uma menina de cabelos crespos, e com o bastidor e seu bordado em frente ao seu rosto. O bordado está sendo feito. Fim da descrição. 

| entre percursos: bordado-memória |

O projeto entre percursos: bordado-memória, propõe explorar territórios híbridos e fronteiras entre arte/arquitetura; residir/habitar; público/privado; e o manual/industrial, através do bordado e da memória. A ação é construída em cima de 6 longos tecidos de algodão em que os participantes são convidados a bordar e a construir algo em conjunto, um bordado-memória das coisas que vibram. A ideia é construir esse um mapa afetivo coletivamente traçando cartografias gestuais. A ação acontece com um revezamento dos propositores com o objetivo de preencher o mapa quase que completamente.

Dia 17 de Março, estivemos na programação do FestA! - Festival de Aprender 2019 no SESC Pinheiros.

Participaram dessa ação desiree helissa, caroline flores, andressa samantha e sabrina flores




design dos mapas: gabriel bratti



fotos divulgação: desiree helissa




fotos da ação: gabriel bratti


#pratodosverem #pracegover imagem de uma mão que segura uma agulha, borda sob um tecido estampado de um grande mapa de ruas e quarteirões largos, colorido.Fim da descrição.



#paratodosverem a educadora andressa, uma pessoa branca, de cabelos castanhos curtos, ela usa óculos e está a frente de um painel com tecidos bordados. O maior deles está escrito "filomena". Andressa está sinalizando com as mãos. Sobre a foto está escrito "hoje a oficina será acessível em LIBRAS".





#pratodosverem #pracegover Em área externa, à esquerda da imagem há uma mesa com pessoas ao redor, sentadas bordando juntas, sob impressão de grandes mapas coloridos, bordam junto à Caroline flores, mulher branca, de cabelos curtos vermelhos que está de pé na foto é uma das integrantes do coletivo. Á direita da imagem há um grupo de pessoas, incluindo crianças e adultos, sentados em um tapete de e.v.a. colorido, dividindo dois grandes tecidos, onde junto à desiree helissa, integrante do coletivo, mulher branca, de cabelos pretos, presos em um coque, está sentada a frente de andressa samantha, mulher branca de cabelos curtos, integrante do coletivo. Entre elas há crianças. Todos bordam caminhos sob impressão de mapas de grandes ruas e quarteirões coloridos.Fim da descrição.



#pratodosverem #pracegover Com maior foco a imagem traz um tapete de e.v.a. colorido,onde estão sentadas crianças e adultos, dividindo dois grandes tecidos, onde todos bordam caminhos sob impressão de mapas de grandes de ruas e quarteirões coloridos. Ao centro em destaque há uma criança que segura um bastidor, bem ao centro da imagem. Fim da descrição.









#pratodosverem #pracegover Foco da imagem é composta por uma mulher à direita, andressa samantha, integrante do coletivo, ela tem cabelo curto e usa óculos. E um menino à esquerda, branco de camisa verde a Andressa segura o bastidor (Aro de bambu usado como auxilio para a feitura do bordado) ,com o tecido impresso com mapas coloridos, enquanto o menino observa com o rosto bem próximo ao bordado.

| parceria com projeto contra.ponto |



o projeto contra.ponto é composto por três ações de cunho coletivo: oficina de bordado | ponto e linha |do coletivo filomena, espetáculo musical ambientado pelos trabalhos confeccionados nas oficinas | catarse,do coletivo cromo|,e exposição dos bordados em meio a obras dos artistas envolvidos nestes processos.

todas as ações propõem uma reflexão metalinguística e transdisciplinar sobre o papel da arte e do artista na sociedade contemporânea. as ações buscam a integração da comunidade no fazer artístico e o encurtamento do altar que separa artista e público.

Ganhamos o VAI de 2016 com o projeto contra.ponto, em parceria com o coletivo cromo. Com esse projeto circulamos no CCPENHA, CEU PERUS, ETEC Parque da Juventude e A Casa Tombada.

fotos de caroline flores

2015- 2016



CCPenha 

primeiro ponto e linha dentro do projeto contra.ponto.
ação realizada no Centro Cultural da Penha.

#pratodosverem #pracegover Imagem com foco em uma mão que segura um longo tecido e borda em rosa a palavra "harmonia".Fim da descrição.



#pratodosverem #pracegover Imagem de uma grande roda de pessoas que dividem grandes tiras de tecido em branco, onde cada pessoa possui um bastidor (aros de bambu que ajudam na feitura do bordado). As pessoas estão sentadas em um lugar de ambiente fechado. Fim da descrição.

 CEU Perus 

segunda e terceira ação ponto e linha dentro do projeto contra.ponto.

#pratodosverem #pracegover Imagem com foco em duas mulheres, integrantes do coletivo ARTEFERIA , as duas dividem uma mesma tira de tecido branco e com bastidores bordam juntas. Fim da descrição.





#pratodosverem #pracegover Imagem de angulo crescente da esquerda para direita, onde homens e mulheres bordam dividindo o mesmo tecido. Fim da descrição.



 ETEC 

primeiro ponto e linha dentro do projeto contra.ponto.
ação realizada dentro da ETEC de Artes.

#pratodosverem #pracegover Ao centro da imagem, há 5 cinco pessoas em torno de uma tira de tecido, já com alguns bordados. Algumas pessoas bordam e outras ajeitam o bastidor no mesmo tecido. Fim da descrição.





#pratodosverem #pracegover Imagem consiste em uma tira longa de tecido em destaque, composta por bordados de palavras e desenhos coloridos, ao redor, há três pessoas com linhas, agulhas e bastidores.Junto à tira de tecido, há o destaque de uma perna cruzada ao lado. Fim da descrição.





| ponto e linha | REVER- augusto de campos |



A ação/oficina também foi adaptada para a proposta da exposição REVER - augusto de campos e repensada coletivamente com outros educadores. Pensada para poder registrar palavras, rimas, letras e formas que nos atravessam a partir da poesia de Augusto, do seu paideuma, da língua experimentada no espaço percorrido. A ideia era construir uma ação contínua, que percorresse o espaço de tempo da exposição e que ali registrasse as experiências das pessoas que passassem. A proposta partiu da construção de bandeiras de letras e alfabetos codificados, cada pessoa (educador/visitante/participante) recebia um pequeno retângulo de algodão, dentro dele escrevia uma letra, inventando um código/desenho/ideograma que representasse aquela letra.
A partir desses novos alfabetos bordamos palavras, poemas, frases e textos em alfabetos reinventados, criando enigmas coletivos, recodificando as palavras, inventando novos modos de registrar a palavra dita. A ação podia ser ativada por qualquer educador em qualquer momento.

2016

fotos de Marcela Camilo e Desiree Helissa

#pratodosverem #pracegover Imagem consiste em uma mulher e uma menina que ajeitam um cano de pvc pequeno com uma bexiga na ponta.Fim da descrição.



#pratodosverem #pracegover Em foco há o detalhe de duas mãos, uma de uma mulher e outra de uma criança que segura com mãos bem fechadas um cano pequeno de p.v.c.enquanto que a mulher segura um prego sob o mesmo cano, fazendo furos. Ao lado há um martelo. Fim da Descrição.



#pratodosverem #pracegover Em foco há o detalhe de uma caixa feita de kraft, onde está escrito em detalhes vermelhos "orquestra" , "de palavras", com algumas fichas de papel dentro,em desfoque há diversos materiais como quinquilharias. Fim da descrição .



#pratodosverem #pracegover Em foco uma tira longa de tecido com bordados, há detalhes de mãos que bordam letras e símbolos e outras que estão desenhando ou escrevendo com o lápis sobre o tecido. Há plaquetas de linhas espalhadas pelo tecido. Fim da Descrição.

| abrigo portal do futuro|



o Filomena desenvolveu oficinas de 2015 ao final de 2016 no abrigo portal do futuro, trabalhando com temas como memória e trajetória em linguagens como bordado, gravura, pintura e desenho.

fotos de Desiree Helissa, Camila e Thamires Gaspar.

#pratodosverem #pracegover Imagem consiste em uma roda de pessoas, dentro de uma sala , onde dividem um mesmo tecido e bordam desenhos e palavras. Fim da descrição.

#pratodosverem #pracegover Imagem possuiu um angulo de cima para baixo, com foco em duas pessoas que estão dividindo um tecido branco, estão bordando juntos. Bordam juntos um homem à a esquerda de boné azul e camiseta amarela, e à direita uma mulher com lenço florido em sua cabeça.




#pratodosverem #pracegover Imagem como composição central uma roda de pessoas que bordam dividindo o mesmo tecido em uma área externa. Fim da Descrição.

#pratodosverem #pracegover Imagem com foco em duas mãos que seguram um bordado em bastidor, o bordado contém a figura de uma casa. O mesmo bordado integra um longo tecido já com outros desenhos e formas coloridas, como bandeiras de festa junina. Fim da descrição.



#pratodosverem #pracegover A imagem da direita para a esquerda destaca em angulo decrescente três homens dividindo o mesmo tecido, enquanto cada um faz o seu bordado.Fim da descrição.




| encontro de formação de professores |




ponto e linha - 2015

encontro de formação de professores da rede municipal de ensino

instituto de artes da UNESP

Fotos de Desiree Helissa

#pratodosverem #pracegover Imagem com uma grade roda de pessoas sentadas, unidas por um longo tecido branco, com linhas e bastidores em mãos, e mais linhas espalhadas pelo mesmo tecido. Fim da descrição.

#pratodosverem #pracegover Imagem com foco em um bordado em formato de bastidor pnde consta um bordado de um grande relógio e outras figuras como arvores,gotas,e palavras coloridas em seu interior. Há duas mãos que seguram o mesmo bordado. Fim da descrição.

pequena (grande) orquestra de palavras

encontro de formação de professores da rede municipal de ensino

Instituto de artes da UNESP
https://soundcloud.com/coletivofilomena/track


Fotos de Desiree Helissa

#pratodosverem #pracegover Imagem com angulo de baixo para cima, abrange a parte superior de uma mesa com linhas, garrafas, tampas coloridas. Em foco mais ao longe, 3 pessoas mexem nesses objetos.

#pratodosverem #pracegover Imagem com angulo de baixo,a luz da imagem vem do fundo para frente, o angulo abrange a parte superior de uma mesa onde estão objetos diversos, como garfinhos plásticos, rolos de papelão, colheres em tamanhos diversos, tampas e pedaços de plástico. Fim da descrição.




#pratodosverem #pracegover Imagem onde há seis pessoas sorrindo, em torno de uma mesa.Essa mesa contém, garrafas plásticas, tampas, garrafas de vidro e linhas. Fim da descrição. 

|geografia inesperada de um percurso |




o projeto geografia inesperada de um percurso p​ropõe explorar territórios híbridos e fronteiras entre arte/arquitetura; residir/habitar; público/privado; e o manual/industrial, através do bordado e da memória.

parte de um projeto prévio do Coletivo Filomena que busca lugares de pertencimento através do diálogo e de um bordado coletivo.

a ação é construída em cima de um longo tecido de algodão em que as pessoas são convidadas à bordar com o outro construindo algo em conjunto, um bordado-­memória das coisas que vibram.

no projeto, a ação é ressignificada ao pensar em mapas afetivos/políticos.

projeto foi pensado em parceria com duas estudantes de arquitetura, Letícia Pestana e Paula Mayara de Lara, que já integraram esse corpo coletivo permeável e mutável.


o projeto integrou a programação Virada Educação 2016. na E.E Caetano de Campos dia 19/08

fotos de caroline flores

2016

#pracegover #pratodosverem O angulo da imagem é de baixo para cima, a foto está em preto e branco. O destaque é um estandarte de tecido bordado, com as informações: coletivo filomena, geografia inesperada de um percurso. O estandarte está no alto,em ambiente externo e à noite. Fim da descrição.

#pracegover #pratodosverem O angulo da imagem de cima para baixo, há várias pessoas dividindo um mesmo tecido com estampa de um mapa em preto e branco de linhas finas. As pessoas bordam caminhos colorido por cima desse mesmo mapa. Fim da descrição.

#pracegover #pratodosverem Imagem com detalhes de mãos que bordam sob um tecido com impressão de um mapa em preto e branco e linhas finas de quarteirões e ruas. Há uma mão de uma pessoa adulta e outra de criança. Fim da descrição.






| pequena (grande) orquestra de palavras|




a pequena grande orquestra de palavras propõe a construção de instrumentos inusitados a partir de objetos e materiais cotidianos, associando a experimentação musical com propostas poéticas e estímulos visuais.

busca tecer relações entre sons, cores e palavras, explorando ruídos e silêncios.a oficina explora o campo híbrido entre diversas linguagens artísticas e recursos sensoriais.

após a confecção dos instrumentos, há o convite para a construção de narrativas sonoras da orquestra com diversos regentes.

2015

soundcloud | coletivo filomena






| parceria com bordado para sentir do guria que produz |




assistência nas oficinas de bordado para crianças e adultos com Rochele Beatriz Sá | Guria q Produz.

Sesc Pinheiros | novembro de 2015

Sesc Pompéia | janeiro de 2016

guria q produz

#pratodosverem #pracegover imagem consiste em uma sala com uma mesa onde quatro pessoas estão apoiadas bordando. Em foco, uma criança de cabelos curtos, raspados sorrindo e ajeitando a linha de bordado em mãos. Há também como parte central da foto, uma menina negra de cabelos encaracolados presos que segura o bastidor (material de aros de bambu para auxilio no bordado) e seu bordado enquanto desiree helissa, integrante do coletivo, uma mulher branca de cabelos pretos, está com um coque, ajuda-a segurar o bordado e bastidor. Fim da descrição da imagem 01.

#pratodosverem #pracegover imagem consiste em uma sala com uma mesa onde duas pessoas em foco estão apoiadas bordando. Rochelle Sá, uma mulher branca de cabelos vermelhos, parceira do Guria que produz, ajuda segurando o bastidor, enquanto a criança branca, com cabelos castanhos presos, puxa a linha do bordado.Fim da descrição imagem 02

#pratodosverem #pracegover imagem consiste no foco em uma menina branca de cabelos castanhos, vestindo uma blusa rosa, ela segura o bastidor com seu bordado à frente do seu rosto.Fim da descrição da ultima imagem.




| ponto e linha |




ponto e linha é uma grande bandeira do coletivo, uma ação poética que propõe uma reflexão metalinguística sobre o bordado, alinhavando outros temas como educação, coletividade e memória.

a ação é construída em torno de um único e longo tecido de algodão em formato retangular que une afetos, lembranças, experiências, percursos, convidando à reflexões sobre educação, arte e história.

o convite ultrapassa a conversa, toma corpo como uma vivência coletiva, registrada por meio de palavras, linhas e formas, resgatando também a tradição oral perpetuada por meio do bordado.


partilha

quando o tecido está inteiramente permeado, ele é deixado para um guardião/guardiã que tenha participado de alguma forma das últimas ações. no momento da entrega do tecido, esse guardião seleciona uma parte dele que será recortado para uma partilha com o filomena, e o convite pode ser aceito ou não. sendo aceito, esse fragmento doado será unido a outros de ações anteriores, formando uma grande colcha de afetos, memórias e histórias que passam a enredar a história do coletivo.


2015

fotos de desiree helissa

#pratodosverem #pracegover imagem de dois detalhes de um longo tecido branco bordado, os detalhes constam em bordados coloridos diversos, incluindo desenhos, palavras e imagens.


#pratodosverem #pracegover imagem de uma mão branca, recortando um pedaço desse tecido branco com bordados coloridos.







Close